Princípios Protocolais

INTRODUÇÃO

As escolas nos ensinam a desaprender. Algumas atividades conhecidas pela humanidade a milênios, desde laboriosas às lúdicas, hoje são desconhecidas das pessoas, roubadas pelas Empresas/Estado, escravizando e lucrando em nome de nossa ignorância.

“O homem moderno quis fabricar escravos mecânicos para se libertar da necessidade do trabalho repetitivo e não conseguiu senão construir sua própria armadilha, abri sua própria cova” (...). Ivan Ilitch, A Convivalidade, 1973, cit. Petitfils.

    A especialização exagerada criou um monopolização técnica que tem um sutil intuito de preservar o poder. Com efeito isso limita e deforma o poder criador dos indivíduos.

    As “cervejas” industriais, imitações de cerveja, são um exemplo disso. Perderam o verdadeiro sabor, turbidez e naturalidade em nome do “paladar comercial” e do lucro. Propomos um ajuntamento para criar bebidas tendo como produto principal e inicial uma cerveja cremosa, muito mais nutriente e saborosa, personalizada, turva, para quem quer beber cerveja e não água mineral.

    Propomos ainda muito mais do que fazer cerveja. Queremos difundir este conhecimento fazendo dessa confraria uma escola mutualista que se auto-organize, produza, divirta e ensine as futuras gerações. Não queremos limitarmos e lamentarmos os efeitos maléficos, danosos, alienadores, obscuros e escravocata causados pela sociedade do lucro e da individualização. Buscar compreende-los, portanto, está entre os principais objetivos. Isso concerne a formação conjunta do intelecto e do prático, adquirido da teoria e da obra prática, conforme nos demonstrou Francisco Ferrer e Guardia a mais de 100 anos.

    Portanto, sem exageros, pretendemos plantar e colher nossos próprios “ingredientes” ou, mais rapidamente, adquirir de outras confrarias os insumos necessários à nossa produção e modo de vida. Esta é mais do que uma forma de se blindar das "crises" do sistema capitalista. Ao mesmo tempo em que não seremos prejudicados com uma eventual falta de mercadoria, evitamos a especulação, exploração, escravidão, etc.

    A produção de cerveja é antes de tudo uma atividade bio-físico-química-histórico-geográfico-psico-social, etc. Bio por que é uma estudo da vida, da transformação da semente em malte. Físico-químico por que são processos termodinâmicos e reativos... psisco-social: durante o fetio, por exemplo, uma mulher não fará uma mesmo cozimento num dia de TPM, ou, depois de uma bebedeira, durante uma ressaca, você não fará a mesma cerveja, podendo, isso tudo alterar nossas vidas. Resumidamente podemos dizer que é um tipo de alquimia. Devemos saber trabalhar cada um desses temas.

    Comparável ao ato de cozinhar, trás o ensinamento dos elementos básicos de nossas necessidades vitais. De uma maneira geral, é uma escola, como deveria ser todas atividades diárias humanas.

    VANTAGENS

    1. SABOR PERSONALIZADO: produzindo em casa, você pode fazer a cerveja como você gosta: doce ou amarga, com mais gás, com menos álcool, sem sal, com mais espuma, etc;
    2. SAUDÁVEL E NATURAL: o produto fabricado por você é caseiro, de confiança e sem aditivos químicos prejudiciais à saúde, podendo ser bebido em grandes quantidades sem provocar mal-estar, boca amarga, ou dor-de-cabeça. Por não conter sal, faz bem à saúde se beber moderadamente;
    3. DURABILIDADE: a cerveja caseira é parecida com o vinho. Após o engarrafamento, ela vai madurando, e melhorando, a cada dia até 6 meses, e mantém-se em estado de conservação por até um ano! se conservado em local fresco e longe da luz. Já o produto industrializado começa a piorar desde o dia em que sai da fábrica, ficando com o paladar inaceitável em questão de poucas semanas;
    4. ECONOMIA: a cerveja feita em casa, de uma maneira geral, também sai muito mais barata! Mesmo custando um pouco mais cara que as cervejas industriais, você economiza, pois para se satisfazer não precisa beber grades, evitando gastos na quantidade de cerveja e com sua saúde; Em quase todos os lazeres você gasta muito dinheiro, mas neste você só economiza, se diverte e ainda faz muitas amizades!
    5. LAZER: a cervejaria caseira é um passatempo divertido e apaixonante. Não é preciso muito espaço: podemos fazer nossa cervejinha na pia da cozinha ou na área de serviço. É uma atividade fácil, relaxante e agradável.
    6. MUTUALISMO: Cooperação para produzir e beber;
    7. FARTURA: você vai ter a satisfação de receber generosamente as/os amigas/os servindo cerveja à vontade! Além disso, é muito engraçado ver o impacto causado quando eles descobrem que você é UM MESTRE CERVEJEIRO! e muitas outras...

    CERVEJAS ESPECIAIS X ARTESANAIS
    Na maioria das Casas Cervejisticas, onde vendem e as vezes produzem cervejas especiais, uma garrafa de 600ml da cerveja mais barata custa, em média, por R$ 18,00 (em 2015).
    Vale lembrar que cervejas especiais são diferentes das caseiras ou artesanais, principalmente as que usam CO2 industrial e conservantes. Enquanto nas artesanais, o CO2 é produzido pelo processo manual da fermentação, tipo alquimista e não contém conservantes ou adtivos químicos.

    NOSSO CUSTO

    A confraria é sem fins lucrativos. Os interessados farão uma cotização para cobrir os custos de produção e, vindouro, de entrega. Veja planilha.

    PROTOCOLOS DA COTIZAÇÃO

    Veja valor atual da cota na Planilha.

    1. Sócios e Sócios Alquimistas. No momento existem dois tipos de Sócios. Os que desejam apenas participar apreciando o milenar, nutriente e lúdico líquido, chamaremos apenas de Sócios; os que desejam participar do feitio ou, até mesmo, fazer sua cerveja, chamaremos de Sócios Alquimistas.
    2. Cada cotização do Sócio Alquimista, da direito a participar de um feitio da cerveja Plezuro, numa data a combinar. Porém, estes Sócios se comprometem a manter os princípios da Confraria Plezuro mais do que os chamado apenas de Sócios. Veja Nota* no final.
    3. Esperamos gerar renda, não lucro. Desta forma poderemos fazer um caixa para ampliar e melhorar a produção/distribuição, além de, num futuro, podermos até distribuir a renda entre os cotistas.
    4. Não é obrigatório cotizar todo mês. Paga quando quiser beber;
    5. Aceitamos troca por garrafas limpas. No caso de troca de garrafas, elas devem ser limpas, sem fungos. Uma dos maiores fontes de poluição nas cervejarias é a limpeza de garrafas. Passando duas ou três águas nas garrafas até um dia após esvaziadas, evita-se formação de fungos, baratas, ratos, mal cheiros e ainda você colabora com o Meio Ambiente.

     

    _________________________ Vitória, Planeta Terra,____/____/_______

    Assinatura e Data

    ( ) Sócio e ( ) Sócios Alquimista

     

    *Nota: muitos dos interessados em participar do feitio da cerveja tendem, naturalmente, a fazer sua própria cerveja, em casa. Como nossos princípios é de criar células, como incubadoras, pedimos aos que comparecerem no feitio, Sócio Alquimista, que mantenham esses princípios. Caso os objetivos do interessado seja fazer sua própria cerveja para comercialização, visando lucro, este não é seu espaço. Você não entendeu, portanto, o espírito da confraria de gerar células fortificando a ideia inicial. Se criamos várias células, podemos ter uma movimento forte. Se individualizarmos, seremos fracos, sem poder de decisão, créditos, etc. Os Sócios que comercializarem será por sua conta e risco. Comercializar é colocado aqui como aqueles que vendem em prateleiras. Seja de bar ou supermermercado.

    Seja bem vinda/o!